Postal del fin de semana) Fernanda Maria Mouzinho cantando las verdades del barquero...



tribunadatauromaquiaibérica
by FERNANDA MARIA MOUZINHO
Fotos : "TOURADAS" / REDES SOCIAIS
Se aconseja click sobre cada foto que quieran ver a mayor tamaño y calidad
---
Menos de 24h separam a divulgação destas duas imagens pela página “Touradas”.
Na primeira somos desafiados a manifestar a nossa vontade junto da Provedora da RTP, exigindo a presença da cultura taurina na televisão pública.
Na segunda são apresentados os números da noite de ontem no Campo Pequeno, os do interior e os do exterior.
Não posso deixar de me questionar como é que é possível uma realidade destas?!
Sou obrigada a concluir que nos toca viver uns tempos tão estranhos e insólitos nos quais as preferências de 25 pessoas mandam mais que o gosto e as opções de 7000.
Claro que podemos pensar que é só uma noite e um local, mas se os ecotalibãs não são só 25 os aficionados também não só só 7000.
Por isso poderemos pôr isto à escala que não estaremos longe da verdade.
A singularidade dos nossos dias está balizada por interesses tão preocupantes que resultam nestas aberrações em que vemos os direitos de uns quantos serem sugados por meia dúzia.
A RTP, que é uma empresa pública paga por todos, não transmite Corridas de Touros para fazer a vontade aos 25 que são contra a dita actividade cultural, e assim priva os 7000 de um direito que lhes assiste.
Sim, eu sei que os que são contra são mais do que 25, mas por mais que sejam têm sempre a opção de mudar de canal e não ver.
Agora pergunto eu, que opção têm os aficionados de um país inteiro que não tem possibilidade de ir a uma Praça ver uma Corrida ao vivo???!!!!
Onde fica a equidade, a democracia, o sentido de justiça, a liberdade????!!!
A televisão pública tem a obrigação de servir o País, ser fonte informação isenta, ser janela cultural imparcial, ser entretenimento indistinto.
Todos pagamos impostos, todos financiamos a RTP, o que significa que a dito meio de comunicação se serve de nós todos mas, na prática, só serve alguns.
Quando somos obrigados a fazer manifestações, assinar petições ou qualquer outra reivindicação de um direito significa que alguma coisa está errada.
Todos temos direito à cultura, e a televisão pública tem a obrigação de a fazer chegar à casa de TODOS.
Fernanda Maria Mouzinho
15-07-2023
Artículo Anterior Artículo Siguiente