Versos de Manuel Peralta para mayor gloria de un grande : Borja Jiménez

 


Borja Jiménez em Madrid
 
Ao toureiro foi retirado
Um prémio do seu labor
Em las Ventas roubado
Num triunfo sem favor
Lá do alto o presidente
Recusando porta aberta
Mostrando-se ausente
Decisão pouco certa
Porta Grande quase fechada
Parecendo glória roubada
 
Borja, toureiro! toureiro!
O público assim gritou
Na Isidrada o primeiro
Nos dois toiros triunfou
Saiu da praça sorridente
Aplausos da multidão
Bronca ao presidente
Lá do cimo sem perdão
Porta Grande nos troféus
De se bradar aos céus!
 
Manuel Peralta Godinho e Cunha
Junho de 2024
- - -
 
Borja Jiménez teve duas valorosas actuações em 7 de Junho de 2024 na Praça Monumental de las Ventas. No seu primeiro toiro, da ganadaria de Victoriano del Rio, apesar de enorme e ruidosa petição para lhe serem concedidas as duas orelhas, só recebeu um troféu. O presidente da corrida José Luis González, com esta atitude, estava a recusar a saída do matador pela Porta Grande.
Porém no seu segundo toiro – um sobrero de Torrealta – Borja Jiménez teve novo triunfo, numa faena valorosa e, não obstante de matar à segunda tentativa, foi-lhe concedida uma orelha com grande petição do público. Reabriu-se assim a Porta Grande.
Artículo Anterior Artículo Siguiente