No São Martinho, come-se castanhas, bebe-se vinho...

tribuna da tauromaquia
by Jaime M. Amante

NO SÃO MARTINHO, COME-SE CASTANHAS, BEBE-SE VINHO…
Estamos em fim de semana de São Martinho!
Ótimo pretexto para relembrarmos uma história tão bonita: a lenda de São Martinho.
São Martinho nasceu em 316 d.C., na cidade da Sabária, na Panónia, Hungria. Era filho dum oficial do Exército Romano. Aos 12 anos, contrariando a vontade do pai, abraçou o Cristianismo. O pai, para o tentar educar ao seu jeito, alistou-o na Legião Romana.
Conta a lenda que, Martinho, já soldado romano estava de regresso da Gália, a antiga região francesa, que, nessa altura, era uma província do Império de Roma.
Pelo caminho, e montado no seu cavalo, teve de passar pelos Alpes, onde fazia imenso frio e vento.
Martinho vestia uma capa vermelha, típica peça que os soldados romanos tinham o hábito de utilizar. De repente, e do nada, inesperadamente, apareceu um homem muito pobre, com roupas em mau estado e com frio.
Muito humildemente, o mendigo pediu-lhe uma esmola.
Como Martinho não tinha nada para lhe dar, pegou na sua espada e cortou a capa ao meio, partilhando-a com o mendigo.
No mesmo instante, como se fosse um milagre, o tempo melhorou. As nuvens foram-se embora. Até parecia que era verão.
Costuma-se dizer que foi uma espécie de compensação de Deus a Martinho, por ter sido solidário, sendo um grande exemplo para todos nós.
Daí que haja o hábito de se dizer que existe o verão de São Martinho.
Para todos um ótimo dia de São Martinho.
Publicar un comentario

Publicar un comentario

TRIBUNA da TAUROMAQUIA

CLICK DESCARGA GRATIS