Praça de toiros de Sevilla, também nos versos de Manuel Peralta


Praça de toiros de Sevilha
Entrar na Real Maestranza
É ter sempre a esperança
De bela corrida assistir
Se o tempo o permitir
Ver o rigor e os cuidados
Não por serem obrigados
Mas porque é a tradição
Há sempre grande ilusão
Que se pode confirmar
Se Manzanares tourear
Com sorte poderá ver
Sánchez nas bandarilhas
Aos toiros se mostrar
Completo a bandarilhar
E no final a lembrança
Ao sair da Maestranza
D’aquele silêncio perfeito
Ao aplauso de belo efeito
Por bulerias as palmas
Um aconchego de almas
Manuel Peralta Godinho e Cunha
Outubro de 2022



Publicar un comentario

Publicar un comentario

TRIBUNA da TAUROMAQUIA

CLICK DESCARGA GRATIS