Peralta Godinho e Cunha) "Não vi e vejo"

Não vi e vejo

Não vi “Paquiro”, o Francisco Montes, lidar com grande alma
Que ao toureio deu a “Arte de Montes” serenidade e calma
O que organizou as quadrilhas sob a sua direcção extrema
Que matava a receber como Pedro Romero na sorte suprema
Não vi Lagartijo que valorizou a estética do toureio como sonhou
Não vi Guerrita, nem Belmonte e outros que o tempo já encerrou
Não vi Joselito, o Gallito, que ao toureio deu aquele sentimento
O melhor dos melhores, colhido em Talavera em mau momento
Não vi Antonio Montes y Vico, sevilhano de Triana que recebia
Os toiros parado, aguentava temeridades que ninguém entendia
Não vi Manolete o precioso e senhor daquele toureio verdadeiro
Não vi Antonio Galán que a matar sem muleta era o primeiro
Mas vi e vejo Morante, o de la Puebla, que destes recebeu
A arte, o domínio, o aroma que do saber toureiro entendeu
Manuel Peralta Godinho e Cunha
Agosto de 2022
Publicar un comentario

Publicar un comentario

TRIBUNA da TAUROMAQUIA

CLICK DESCARGA GRATIS