Forcados de Montemor en el reconocimiento de la Tertúlia Tauromáquica Eborense



Incansables los integrantes de la Tertúlia Tauromáquica Eborense. Mes a mes, no nos decepcionan...

Jantar de Maio de 2024 da T. T. E.

Na noite de 6 de Maio realizou-se em Évora, como habitualmente na Pousada dos Loios, o jantar mensal da Tertúlia Tauromáquica Eborense tendo como convidado de honra António Cortes Pena Monteiro em representação do Grupo de Forcados Amadores de Montemor, que a Tertúlia homenageou, e que se fez acompanhar pelo seu avô João Cortes – essa legenda viva do forcado amador – e também pelo jovem forcado Vasco Ponce.
Durante este agradável jantar foram abordadas diversas recordações do passado do Grupo de Montemor, do seu vastíssimo histórico, com realce especial para antigos cernelheiros como António José Zuzarte, António Palhavã e Zeca Pereira, que com o saudoso Simão Nunes Comenda deixaram na memória dos tempos lembranças inolvidáveis na tauromaquia portuguesa. Destacado, com enorme ênfase, que o actual cabo – António Cortes Pena Monteiro – tenha ressurgido com a pega de cernelha, com determinação e valor tão do agrado de muitos aficionados.
Também foram recordados os antigos cabos, com realce para Joaquim José Capoulas e António José Zuzarte, que colocaram o Grupo a um nível superior.
Diversos elementos antigos do Grupo foram recordados, tendo sido mencionado o nome de António Amado, que com o seu estilo senhoril, provocava o silêncio de espectativa no público quando iniciava o cite para a pega de caras.
Foi assim um belo jantar de tertúlia, deste grupo de amigos que se reúne mensalmente para conversar sobre toiros, toureiros e forcados.

Manuel Peralta Godinho e Cunha
Maio de 2024
- - -
Na fotografia : António Cortes Pena Monteiro, Nico Mexia de Almeida (cuidador da Tertúlia) e João Cortes

Texto de MANUEL PERALTA GODINHO E CUNHA / Fotos : D. R. 
-----------------------------------------------------------------
Artículo Anterior Artículo Siguiente