Fernando Adrián : cuando un amigo sale por la puerta grande de Las Ventas

Adrián, en la plaza de la isla de Terceira. En el burladero, detrás, aparece Jaime Martínez Amante, mozo de espadas aquel día del torero madrileño. Una fecha para el recuerdo : 9 de julio de 2013...

-----
TRIBUNA da TAUROMAQUIA IBÉRICA
by JAIME M. AMANTE
Fotos : 
J.Edgar / NTR Toros
---

Cartel en Açores. Recuerdo de aquella noche en Terceira. Salida en hombros este miércoles en Madrid

FERNANDO ADRIAN.
QUANDO UM AMIGO SAI PELA PORTA GRANDE DE MADRID.

Fernando Adrián Hernandez Machicado nasceu em Torres de la Alameda (Madrid) a 20 de Janeiro de 1992.
Frequentou a Escola Taurina de Arganda “Fundacion El Juli” no ano de 2007 ficando entregue aos cuidados do Maestro Angel Gómez Escorial.
Em 2011, Fernando Adrián debutou com picadores em Olivenza na tarde de 11 de Março frente a novilhos de Herederos de Bernardino Piríz com Jesus Diez “El Fini” e Rafael Cerro como companheiros.
O primeiro ano com picadores – 2011 – foi triunfal, com grandes êxitos em muitas praças importantes de França e Espanha, como Sevilha (uma orelha),Barcelona a 15 de Maio onde corta duas orelha, Nimes na tarde de 10 de Junho, duas orelhas, Dax a 13 de Agosto duas orelhas, Algemesi a 27 de Setembro de novo duas orelhas e entre outras novilhadas sagra-se triunfador em Arnedo na tarde de 2 de Outubro ao cortar duas orelhas e conquistar o tão cobiçado Zapato de Oro.
Goza de imenso cartel em Sevilha onde o seu toureio serio e profundo tem enorme impacto.

Na temporada 2012 termina em nº 1 do escalafón taurino dos novilheiros, apresentando-se em Madrid na tarde de 25 de Março. À praça da capital volta em mais duas tardes, a 25 de Maio e a 22 de Julho.
Regressa a “sua praça” – Sevilha – a 13 de Abril com o corte de uma orelha e repete a 6 de Setembro. Actua de novo em praças da máxima importância como Castellon, Valencia, Nimes, etc.
Termina a temporada de 2012 com 31 novilhadas e 33 orelhas cortadas.
Em 2013 despede-se de novilheiro em Sevilha na tarde de 5 de Maio.
 
A 15 de Junho de 2013 em Ávila recebe a alternativa de matador de toiros tendo como padrinho Julian Lopez “El Juli” e testemunha Miguel Angel Perera frente a toiros de San Mateo, San Pelayo e Carmen Lorenzo. Nessa tarde corta duas orelhas a “Pelotillo” marcado com o nº 41 de San Mateo e com 490 Kg. Tarde de triunfo grande com saída a ombros em solitário.

Nunca tinha toureado em Portugal, fazendo a sua apresentação como matador de toiros na noite de 19 de Julho de 2013 em Angra do Heroísmo – Ilha Terceira - na Corrida integrada nas Comemorações dos 40 anos do Grupo de Forcados Amadores da Tertulia Tauromáquica Terceirense. Acompanhei como seu moço de espadas essa bonita jornada.
Hoje, passados 10 anos ver um amigo e toureiro sair pela Porta Grande de Madrid, deixa-me feliz.
Enhorabuena TORERO!

Artículo Anterior Artículo Siguiente