A firme aposta da "Tertúlia Óbvia" por continuar um trabalho sério e profissional na praça do Montijo


"Tertúlia Obvia", la empresa que gestiona la Monumental de Montijo, viene preparando con todo detalle su política de precios, ya en marcha, para hacer presente su deseo : que los Toros puedan estar al alcance de casi todos los bolsillos. 
Anão Madureira confirmó así a la TRIBUNA da TAUROMAQUIA que ya mismo, con ocasión de la primera corrida de la temporada en la plaza más importante de la "Margem Sul" lisboeta, habrá bilhetes desde 15 euros en adelante; pero no solamente eso : los jóvenes que tengan edad de 16 años o menos de esa edad, no pagarán bilhete completo, tendrán derecho a bilhetes a 50% del precio habitual en taquilla, lo que es toda una apuesta por la incorporación de este público joven a los eventos taurinos.
"É agora é já que na praça mais importante da margem sul damos início à temporada. E queremos fazer deste acontecimento um encontro entre aficionados. Há bilhetes desde 15€ e há bilhetes para os os jovens com 50% de desconto... Porque a Tauromaquia tem que ser para todos!. Lembrem : venda de bilhetes e marcações de reservas (Tel. 300501989) já em andamento, para muito breve venda online...", explicaba un portavoz de "Tertúlia Obvia".
A temporada no Montijo já está plenamente ideada, com espectáculos agendados entre os meses de maio e setembro...   "Acho que a época da Monumental de Montijo têm nomes sonantes em cartaz, acompanhados por grupos de forcados de tradição e ganadarias de respeito", refere Anão Madureira, sócio da "Tertúlia Obvia", ao igual que José Luis Zambujeira.

Inicialmente, a temporada no Montijo tem quatro corridas, 14 toureiros, seis grupos de forcados e quatro ganadarias contratadas. 
A abrir a época na Praça de Touros Amadeu Augusto dos Santos, haverá a tradicional Corrida da Flor, marcada para 13 de maio (ver com detalhe os reclamos e carteleria publicada na TRIBUNA da TAUROMAQUIA) com cavaleiros em praça : Luís Rouxinol, Gilberto Filipe e Francisco Palha, que vão lidar toiros da ganadaria Veiga Teixeira. Pegam no 13 de maio os forcados amadores de Montijo e de Alcochete.
“Queremos que ao Montijo venham, no possível, os melhores, para que esta praça seja de referência nacional e internacional. O nosso esforço está em procurar dar oportunidade aos artistas da terra, como o mestre Luis Rouxinol e o Rouxinol Jr; depois trazer os triunfadores nacionais, como é o caso do João Telles Jr e o João Moura Jr que têm tido grandes temporadas nos últimos anos, e também nomes internacionais. Por fim quisemos trazer triunfadores do ano passado, como alguns nomes já referidos, mas também a Mara Pimenta, o Ruxinol Jr, por exemplo.”, acrescentam José Luis Zambujeira e João Anão Madureira, empresários da praça montijense.
Nas corridas a realizar a 1 de julho, 28 de julho e 2 de setembro, estão anunciados toureiros de especial relieve como João Moura, Duarte Pinto, João Moura Jr, João Telles Jr., Marcos Bastinhas, Moura Caetano; nomes sonantes estrangeiros como o espanhol Andrés Romero e o mexicano Emiliano Gamero -de grande predicamento já em Portugal-; e também jovens triunfadores como Luís Rouxinol Jr. e Mara Pimenta. Haverá também toureio a pé com oportunidade para António João Ferreira, português que va para os 15 anos de alternativa. 

No referido aos forcados nas corridas do verão no Montijo : Tertúlia Tauromáquica do Montijo, Barrete Verde de Alcochete, Amadores do Ribatejo e Amadores de Cascais estão nos cartazes.
Presença neste época, das ganadarias Veiga Teixeira na primeira corrida, Vinhas, Canas Vigouroux e Varela Crujo, nas restantes corridas.
Caminhando com cautela mas com firmeza, os da "Tertúlia Obvia" são protagonistas de trabalho que tem vindo a ser bem desenvolvido e até reconhecido pela Santa Casa da Misericórdia do Montijo -dona da praça- que manifestou ao jornal "Semmais" sentirse satisfeita : “Sentimos que colocamos o trabalho nas mãos de pessoas sérias. Estão muito empenhados em fazer da Praça do Montijo uma das principais a nível nacional e internacional”, aponta o provedor Ilídio Massacote.
Cabe ainda referir que pela Misericórdia do Montijo, como tem destacado o "Semmais", foram este ano realizadas algumas intervenções na praça que visaram o melhoramento do interior e da fachada do edifício. “É demonstrativo da nossa motivação. Há praticamente 20 anos que não se faziam obras na praça e era altura de fazermos algumas intervenções se queremos estar no patamar máximo que desejamos”, sublinha o provedor da Santa Casa.

-------
tribuna da tauromaquia 
by JAIME M. AMANTE
Fotografia : Gonçalo GAGO / Montijo Arena
Recuerde : imágenes a mayor tamaño si hace click sobre ellas).
-------



Artículo Anterior Artículo Siguiente