Morreu o homem que, possivelmente, mais sabia do café e produzia o melhor do Mundo


Murió. Porque nadie es eterno. Pero su obra, su trayectoria, su modo tan especial y casi único de ser y estar en la Vida, permanecerá inalterado, imborrable, en el recuerdo de todos los portugueses y de todos los que no siendo portugueses le conocieron y trataron. Descanse en paz, Manuel Rui Nabeiro. Un gran hombre, un enorme empresario, tan diferente a la inmensa mayoría.

Rui Nabeiro, fundador da Delta e presidente do Grupo Nabeiro, faleceu este domingo, em Lisboa, aos 91 anos. 
"É com profundo pesar que a família Nabeiro informa que faleceu hoje, dia 19 de março, o comendador Manuel Rui Azinhais Nabeiro, presidente e fundador do Grupo Nabeiro – Delta Cafés, aos 91 anos", lê-se na informação enviada às redações pela familia.
O fundador da Delta estava "hospitalizado no Hospital da Luz devido a problemas respiratórios", adianta também o mesmo comunicado.
"Toda a família Delta está profundamente triste com esta perda e estende as sinceras condolências a todos aqueles que também hoje perderam um grande amigo", escreve a família, frisando estarem "empenhados em continuar o seu legado e honrar a sua visão, continuando a produzir o melhor café do mundo, apoiando as comunidades locais e promovendo a sustentabilidade".
"O espírito empreendedor e a sua ética de trabalho estiveram sempre presentes nos momentos decisivos da sua vida. Em 1961, criou a Delta Cafés, dando origem a um grupo empresarial que hoje lidera o mercado dos cafés em Portugal e hoje em forte expansão nos mercados internacionais", acrecsenta também a empresa.

Manuel Rui Nabeiro nasceu a 28 de março de 1931, no seio de uma família humilde, em Campo Maior. Era casado com Alice, a mulher de toda uma vida, que conheceu nos bancos da escola primária e com quem teve dois filhos. Terceiro dos quatro filhos de Manuel dos Santos Nabeiro e Maria de Jesus Azinhais, provinha de uma família com poucos recursos – a mãe tinha uma mercearia, o pai foi cavador e motorista antes de se dedicar ao café –, pelo que começou a trabalhar aos 12 anos, ajudando a mãe no seu estabelecimento e o pai e os tios Joaquim e Vitorino na torra do café. Mas não sem antes concluir o ensino primário – naquela época, no Alentejo rural de finais da década de 30, inícios dos anos 40, a taxa de analfabetismo era elevadíssima e ter a quarta classe era uma raridade.
Aos 17 anos, após a morte do pai, assumiu as rédeas da pequena torrefacção familiar e, com o fim da guerra civil em Espanha, começou também a vender café no país vizinho, criando uma sociedade com os seus tios, a Torrefacção Camelo.
Mas aos 30 anos, em 1961, decidiu continuar sozinho o seu percurso, tendo criado a Delta Cafés com apenas três funcionários. Hoje são cerca de 3.500, repartidos por 23 empresas do Grupo Nabeiro/Delta Cafés, que operam nos mais variados sectores: indústria, serviços, comércio, hotelaria, imobiliário, agricultura e vitivinicultura e distribuição.

Rui Nabeiro foi aficionado e seguidor da Tauromaquia. Sogro do inesquecível Joaquim Bastinhas e avô do grande cavaleiro e figura na actualidade, Marcos Bastinhas. Era pai de Helena Nabeiro Tenório e de João Manuel Nabeiro e também avô de Iván Nabeiro, cabo fundador do GFA Académicos de Elvas.

A pocos días de cumplir 92 años, hoy ha fallecido don Manuel Rui Nabeiro. Un gran portugués, un hombre inmenso, una excelente persona y un gran amigo de Extremadura. Descansa en paz querido y admirado Manuel. (Fernández Vara, Presidente de Extremadura)

 

-------
tribuna da tauromaquia 
Fotografia : Delta Café / Sara Matos
Recuerde : imágenes a mayor tamaño si hace click sobre ellas).
-------

Artículo Anterior Artículo Siguiente