A hora de João Galhofas

João Galhofas, quatro anos atrás, com uma admiradora



Como vivemos o tempo da ditadura do gosto e as notícias são sujeitas não a um lápis azul mas a crivos de muitas cores…vou já adiantando serviço, e assim se, os órgãos de comunicação local e quem tudo divulga, não fizerem referência suficiente ao assunto, fica o meu humilde contributo para que a notícia se espalhe mais uma vez e tenha a merecida divulgação.

No passado 13 de Agosto vi o Grupo de Forcados de Alter do Chão marcar presença numa Corrida mas não deixar boa marca. Com honestidade, transversal a estas gentes, no dia seguinte suspenderam actividade. Pararam, voltaram atrás para tomar balanço e recomeçaram os treinos por estes dias passados de Fevereiro. 
Anunciaram que retomam actividade e que o fazem com novo Cabo. É agora líder do Grupo o nosso conterrâneo Joao Galhofas. Um Cabo de Grupo de Forcados não é escolhido ao acaso, não é sorteado ou nomeado… é eleito pelos seus pares, é-lhe entregue a responsabilidade da liderança, das opções, das decisões… é escolhido por aqueles que se vão por à mercê das suas decisões para arriscar a vida perante um touro, é eleito pelos que vestem a jaqueta com as mesmas ramagens e nele depositam a responsabilidade de os honrar a todos. 
Por estas e muitas outras razões temos motivos para nos orgulhar de ter um nosso conterrâneo nestas funções. Não é o primeiro, porque o Sr. José Landeiro foi em tempos Cabo do Grupo de Forcados de Portalegre, mas isso não lhe retira o mérito que é preciso ter, como Moço de Forcado e como pessoa, para ocupar este cargo. 
Ao Grupo de Forcados Amadores de Alter do Chão em geral e ao seu Cabo João Galhofas em especial, os maiores sucessos. Que Deus reparta sorte.

-------
tribuna da tauromaquia 
by Fernanda Maria Branco Mouzinho
Fotografia : Arquivo João Galhofas
Recuerde : imágenes a mayor tamaño si hace click sobre ellas).
-------

Artículo Anterior Artículo Siguiente