Por segunda vez va abajo la corrida de Vila do Conde, pero los promotores dicen que lo intentarán por tercera vez...

Paulo Pessoa de Carvalho

Habían anunciado que habría corrida este domingo 7 de agosto, con el cartel reformulado (incluían al mexicano Gamero) pero... resulta que tampoco habrá corrida este domingo, como tampoco la hubo en la fecha inicial del mes de julio... 2 veces suspendida, pero los promotores no arrojan la toalla y dicen que a la tercera irá la vencida... y que acabará celebrándose corrida de toros en Vila do Conde.

La nota hecha pública, textualmente, dice lo siguiente :

COMUNICADO
A Associação #JuntospeloMundoRural e o empresário Tauromáquico Paulo Pessoa de Carvalho (PPC) vêm informar todos os aficionados que o assunto que tem sido falado nos últimos dias, a corrida de toiros em Ferreiró, concelho de Vila do Conde, não se irá realizar no imediato como gostaríamos e como seria natural num país democrático e respeitador da lei, mas sê-lo-á em momento oportuno.
Nesta altura, resta-nos informar de forma resumida o que se passou até ao momento e fazemo-lo abaixo, relatando a cronologia de todos os acontecimentos e apresentando as conclusões do mesmo, para que todos saibam o que se passou mas que fiquem com uma certeza, não foi agora, mas será em breve!
Informamos ainda que os bilhetes adquiridos serão devolvidos a todos aqueles que o queiram, nos locais onde foram adquiridos ou no próximo domingo entre as 15h00 e as 19h00 na praça de toiros instalada em Ferreiró. Todos aqueles que assim não o entenderem, informamos que esse mesmo dinheiro servirá para ajudar na reposição da legalidade e da verdade nos tribunais.
Cronologia dos acontecimentos:
I. A #JuntospeloMundoRural e o empresário Tauromáquico PPC tinham agendado uma corrida de touros para Ferreiró para o dia 23.07.2022 e, depois, reagendada para o dia 07.08.2022.
II. O referido evento cultural Corrida de Touros foi aprovado pelas autoridades competentes e foram asseguradas todas as condições para a sua realização.
III. Acontece que, como a mesma se ia realizar num recinto itinerante, foi solicitado à Câmara Municipal de Vila do Conde o licenciamento do recinto e tão só e apenas do recinto, pois que a autorização da realização do evento cultural não compete à Câmara Municipal.
IV. A #JuntospeloMundoRural e o empresário Tauromáquico PPC cumpriram a legalidade. O Presidente da Câmara Municipal indeferiu ilegalmente o licenciamento do recinto.
V. Para poder realizar a corrida nas referidas datas a PPC recorreu aos Tribunais, no entanto, o Tribunal, no acto de verdadeira denegação da justiça, não apreciou as ilegalidades, nem decidiu sobre as mesmas.
VI. Tal circunstância impede-nos de realizar de momento a corrida de touros agendada.
VII. A #JuntospeloMundoRural e o empresário Tauromáquico PPC informam que irão realizar a corrida de touros em Vila do Conde noutra data a anunciar.
VIII. Entretanto irão agir judicialmente responsabilizando e demandando quem de direito e não desistirão pois que Portugal é um Estado de Direito, as Corridas de Touros estão consagradas na lei e na Constituição e são a realização do direito à cultura de um Povo.
Conclusão e futuro:
1 - A #JuntospeloMundoRural e o empresário Tauromáquico PPC, foram impedidos, ILEGALMENTE, pelo presidente da Câmara de Vila do Conde de realizar a corrida organizada para FERREIRÓ- VILA DO CONDE
2 - Após recurso aos Tribunais, através de processos de Intimação de Proteção de Direitos, Liberdades e Garantias e Providência Cautelar, tivemos como resultado dos Tribunais, a sua total demissão das funções , não decidindo em tempo útil. Ou seja, Nada decidiram!
3 - A #JuntospeloMundoRural e o empresário PPC, NÃO VÃO DESISTIR e vão exigir a reposição da verdade, bem como, iremos exigir as responsabilidades desta AUSÊNCIA DE DECISÃO.
TUDO FAREMOS PARA DENTRO DA LEI PORTUGUESA realizar a corrida de Toiros em Vila do Conde.
Paulo Pessoa de Carvalho