Oliva Soto, "el gitano de Camas", forma un lío en Barrancos con su toreo desmayado...

tribuna da tauromaquia by J. M. Amante.

OLIVA SOTO, SAÍDA A OMBROS EM BARRANCOS
2º TARDE DA FÊRA DE BARRANCOS

BARRANCOS - 3ª-feira, 30, às 18h00
2 Novilhos de Couto de Fornilhos.
Oliva Soto - Duas orelhas e rabo
Pepe Moral - Palmas

Praça cheia, alegria e muita aficiôn, caracterizaram a segunda tarde da Fêra de Barrancos.
Dos dois novilhos-toiros de Couto de Fornilhos destaque para o que abriu praça. Solto no capote e distraído no tercio de bandarilhas, acabou por entregar-se na muleta "torera" de Soto principalmente pelo lado direito.
O "Torero-Gitano de Camas" aproveitou a qualidade do seu novilho e na muleta e pelo lado direito rubricou o mais artístico da tarde, com gosto e toreria. Series de derechazos desmaiados, rematados com passes de peitos, lentos, suaves e de muito gosto.
Quando Oliva Soto se confia, tudo pode acontecer.
Estocada inteira e duas orelhas e rabo.

Pepe Moral, passou por Barrancos. Vulgar e sempre em plano de não confiar, acabou por construir uma faena com apontamentos e pequenos detalhes. É certo que o segundo de Fornilhos era incomodo nas suas investida descompostas e curtas.
Matou de estocada, ligeiramente descaída após três pinchazos.
No final escutou ovação. 

Oliva Soto abandonou o ruedo de Barrancos em ombros.
Nota final: Dirigiu o festejo o Maestro Francisco Farinha, figura ímpar da toreria e aficiôn barranquenha.

Fotos D.R.

HOJE - 3ª E ULTIMA TARDE DA FÊRA DE BARRANCOS.
4º-feira, 31 de Agosto 2022
1 novilho-toiro para Manuel Perera e 1 vaca para os aficionados locais, ambos animales do Couto de Fornilhos.

Artículo Anterior Artículo Siguiente