"O Rei Toureiro") O Rei Miguel primeiro e os versos de Peralta Godinho e Cunha...

O Rei Toureiro

Consta que em Portugal houve um Rei, valente e bem português
Que toureou a cavalo, apaixonado da Festa Brava e do fado talvez
Pegou toiros e teve uma ganadaria vasquenha no Infantado
Proveniente de Espanha, foi seu tio Fernando que lha terá dado.
Com Cortes à antiga, foi aclamado como Rei Miguel primeiro.
Com ele o povo foi tradicionalista contra as lojas do pedreiro
Com o Duque de Cadaval teve muitos companheiros da causa real.
Legitimo Rei de Portugal e dos portugueses, lutou contra os liberais
Bateu-se contra forças estrangeiras, inglesas e belgas e outras mais
Em Évora-Monte foi derrotado por gentes de outros países e foi exilado
Por princesa brasileira foi substituído no trono, esquecido e injustiçado
Dom Miguel partiu mas por cá ficou a maneira antiga de ser português
Para quem não quis nem aceitou o liberalismo importado do povo francês
Manuel Peralta Godinho e Cunha
Agosto de 2022

P. S.) Também foi D. Miguel que mandou construir, em Lisboa, a Praça de Toiros do Campo de Sant’Ann a – onde hoje se situa a Faculdade de Ciências Médicas – que foi inaugurada em 3 de Julho de 1831 com a lide de 16 toiros, para os cavaleiros João Ferreira Grilo e António Máximo de Amorim Velloso e para os espadas Sebastião Garcia e José Pedro Rodrigues. Os toiros foram pegados por um grupo de forcados oriundo do Ribatejo.






Artículo Anterior Artículo Siguiente