Manuel Peralta Godinho e Cunha nos sigue deleitando : "Tradição taurina de 1340"...

Tradição Taurina de 1340

Na Península Ibérica as tradições taurinas bem populares
Perdem-se nas brumas do tempo, em tempos seculares
Em Portugal não pode nem deve ser escondido o passado
Sabe-se que no Alentejo, na vitória da batalha do Salado
Quando os portugueses do rei Bravo e os castelhanos
Reuniram tropas e gentes para combater os muçulmanos
Guerreou-se a moirama que desolada para além-mar fugiu
Perdendo completamente a ideia de regressar. Sumiu!
Depois com as largadas de toiros, já não se viam os moiros
Houve muitos festejos com touradas e cavalhadas
Em Évora Cidade festas grandes e noites de bailaradas
Toiros lanceados a cavalo, num remoto conceito de toureio
Portugal, já nesses tempos, brincava aos toiros sem receio.
Manuel Peralta Godinho e Cunha
Agosto de 2022

P. S. / Manuel Peralta :
Neste poema faço referência à Batalha do Salado que foi travada na província de Cádis com tropas castelhanas e portuguesas contra os mouros.
Foi no reinado de Dom Afonso IV, o Bravo, e as comemorações da vitória decorreram em Évora, com festejos assinalados em registos da época, que provavelmente são os primeiros escritos – ou dos primeiros – onde se manifestam espectáculos taurinos em Portugal.
Portanto a tauromaquia portuguesa tem séculos e faz parte da cultura tradicional portuguesa.
Artículo Anterior Artículo Siguiente