"Manifestantes" ) Nuevos y oportunos versos de Manuel Peralta Godinho e Cunha

Manifestantes

Há toiros no Campo Pequeno e lá fora estão uns rapazes
E algumas meninas, zangados com a vida e com a sociedade
Gritam palavras de ordem, assobiam, têm alguns cartazes
Com recomendações de outras ideias e grande maldade
Não há toiro que resista e com eles invista para os calar
São pretensiosos, extravagantes mui difíceis de tratar
Não gostam de carne ou de peixe e cortam os vegetais
Aos bocadinhos, todos esmigalhadinhos sem piedade
Não há caldo verde, sopa de tomate, qualquer beringela
Salada primavera, molho verdete, nem água-ardente
Que os farte, que os leve dali para qualquer parte…

Manuel Peralta Godinho e Cunha
Agosto de 2022