Sentido reconocimiento de la Tertúlia Tauromáquica Eborense al diestro Álvaro de la Calle

Álvaro, en uso de la palabra, en el acto celebrado en Évora

"Es triste que fuera así, por el percance de un compañero, pero para eso estaba allí. Siempre salgo mentalizado a que puede pasar algo así, y por eso en ningún momento me impresioné ni me vine abajo, aunque fuera en Madrid. Al revés, me crecí pensando en que había que estar a la altura y echar para adelante la tarde con el máximo respeto al público.”
Estas foram as palavras de humildade de Álvaro de la Calle depois de ter lidado 5 toiros de ganadarias diferentes, na Praça de Madrid e na corrida do Domingo de Ramos.

A mesma humildade e enorme aficion demonstrada durante o jantar de Junho de 2022 da Tertúlia Tauromáquica Eborense, que se realizou na Pousada dos Loios em Évora.

O matador disse que de um momento para o outro passou a ser conhecido ao lidar numa tarde, em Madrid, 5 toiros em substituição de Emilio de Justo que foi colhido no fim da lide do primeiro toiro da corrida. Corrida que foi transmitida pelo “Canal Toros” para todo o mundo taurino. Porém, nem a empresa de Madrid se mostrou reconhecida, nem as empresas das principais Praças do seu país o colocaram em corridas importantes e foi de França que lhe surgiu o convite para a afamada “Feira do Arroz” em Arles, onde em 11 de Setembro Álvaro de la Calle compartilhará cartel com os matadores Domingo López Chaves e Maxime Solera.

Em Portugal a única ganadaria que lhe concedeu um “tentadero” foi a de Murteira Grave, na herdade da Galeana, num justo reconhecimento a um toureiro que tem sido tão pouco apoiado.

Esta e outras facetas da sua vida taurina foram descritas durante este agradável jantar de Tertúlia, onde este toureiro esteve acompanhado de sua mulher e da sua filha.

Olé, Álvaro de la Calle!

Manuel Peralta Godinho e Cunha