Herdade do Pedrogão, no Lavre) Tertúlia de Abiul visitou ganadaria Veiga Teixeira

Por Jaime M. Amante 

Realizou-se no passado sábado, 11 de Junho, a anunciada visita da Tertúlia de Abiúl à histórica Herdade do Pedrogão, no Lavre, à não menos importante ganadaria de Veiga Teixeira - de que serão lidados seis toiros na terceira e última corrida da Feira Taurina de Abiul, no próximo dia 14 de Agosto. António TellesFilipe Gonçalves e João Moura Jr. e os forcados do Aposento da Moita e Académicos de Coimbra compõem o elenco desta corrida do 14-J.

Realizou-se no passado sábado, 11 de Junho a anunciada visita dos Tertulianos de Abiúl a histórica Herdade do Pedrogão, no Lavre e não menos importante a ganadaria de Veiga Teixeira.
Dois importantes "icones" da História da Tauromaquia em Portugal.
Dia bastante agradável proporcionado pelo anfitrião António Francisco Veiga Teixeira e pela comparência do matador Cuqui acompanhado por alunos da Escola de Toureio da Moita.
Bonitos e bem apresentados os exemplares a lidar no próximo dia 14 de Agosto em Abiul.
Recordar que esta ganadaria procede da ganadaria dos Irmãos Garcia Fialho e o seu encaste actual é Oliveiras e Irmãos e Parladé. Tem as cores vermelha e negra por divisa e com antiguidade adquirida a 6 de Maio de 1928 na praça de tiros de Madrid.
Em 1918, formou Félix Suarez a sua ganadaria com reses provenientes de Santacoloma, de pura linha Parladé, a qual foi vendida ao Duque de Tovar, em 1929. Posteriormente, em 1947, por falecimento deste, foi a ganadaria dividida em cinco partes pelos seus herdeiros, cabendo a Rafael Figueroa y Bermejo um dos lotes, juntamente com o ferro e a divisa primitiva.
No ano seguinte, foi esta ganadaria vendida a Tomaz de la Cal Sanz aumentando-a com reses de Tomaz Prieto de la Cal para, em 1959 a vender aos irmãos Carlos e José Augusto Garcia Fialho, de Barrancos, que eliminam todo o efectivo proveniente de Prieto de la Cal, conservando apenas o de origem Suarez-Tovar.
Em 1969 é esta ganadaria adquirida por António José da Veiga Teixeira que lhe mantém o ferro e a divisa e a aumenta com reses de Oliveiras Irmãos, introduzindo também, nos últimos anos, sementais de Cunhal Patrício, Alcurrucén (Nuñez) e Hermanos Sampedro (Domecq).
Atualmente é dirigida pelo seu filho António Francisco Veiga Teixeira.
A Herdade do Pedrogão possui provavelmente o tentadero mais antigo de Portugal.