Quando Golegâ recebe os cavalos engatados com arreios à "la calesera"...

GOLEGÃ, HOJE... 
QUANDO A VILA RECEBE OS CAVALOS ENGATADOS COM ARREIOS À “LA CALESERA” E OS TRAJES GOYESCOS COMPÕEM AS EQUIPAGENS!

Dr. José Veiga Maltez / (Facebook)
Fotos : Fernando Curado Matos

Os olhares mais atentos, seguramente, observaram dois Carros de Cavalos, um tirado por uma parelha (“tronco”) e outro por três cavalos (“potencia”), os quais, vinham aparelhados à “La Calesera”, um arreio tradicionalmente andaluz, logo caracterizado, pelos tirantes, em corda de cânhamo, entre outros, muitos detalhes, que o diferenciam do arreio à “Inglesa”, regularmente utilizado em Portugal.
Muitos, ainda, terão notado nos trajes! Do tempo de Goya, do séculos XVIII/XIX!! Vestidos de jaqueta, de polainas, usam um chapéu, o “catite”, com um lenço, para o proteger do suor e o cabelo do pó do campo! No seu conjunto esta indumentária é denominada “à goyesca”, assim como, de “rondeña” ou de “bandolero”!
Uma nota interessante, distinta, na Capital Portuguesa do Cavalo, aquando do Concurso Internacional de Atrelagem de Tradição, no passado Outubro, relevando a elegância e “solera” vinda da Andaluzia Baixa ou Oriental!










Artículo Anterior Artículo Siguiente