Asamblea de la República) PAN considera fundamental "ir dando pasos como este" hasta acabar con las touradas

Bebiana Cunha, deputada do PAN. (Foto : Blogue do Minho)

A propósito do assunto da prohibição do Goberno português aos menores de 16 anos para assistir as touradas, a deputada do PAN, Bebiana Cunha, elogiou hoje a "coragem do Governo" de alterar uma lei, que há muito era reivindicada pelo seu partido. Já para Cecília Meireles esta medida ‘traz água no bico’, enquanto André Ventura considerou "curioso" a forma como PAN "vem elogiar o PS e os seus projetos-lei".
A deputada do CDS-PP Cecília Meireles acusou o Governo de comprar o voto do PAN no Orçamento de Estado para 2022, ao limitar a idade legal para assistir a touradas, uma das medidas mais hasteadas pelo partido liderado por Inês Sousa Real.

A deputada do PAN, Bebiana Cunha, começou por saudar a decisão do executivo, dizendo que "finalmente o Governo tem a coragem, após exigência do PAN, de concretizar", aquilo que, segundo a deputada, era “uma reivindicação do PAN de proteger as crianças da violência da atividade tauromáquica". "Claro que as atividades tauromáquicas são uma prática inaceitável em 2021, mas enquanto não houver a coragem política de terminar com estas atividades é fundamental que se vão dando passos como este", frisou Bebiana Cunha, na Assembleia da República.

Porém, para Cecília Meireles esta medida ‘traz água no bico’ e afirmou que a medida aprovada pelo Conselho de Ministros (CM) "tem mais a ver propriamente com a barganha orçamental que estamos a viver e com a necessidade de comprar o voto do PAN do que com outra coisa qualquer".
"De facto, o CM decidiu ao mesmo tempo negar a característica de espetáculos culturais tradicionais em Portugal às touradas e também negar a liberdade aos pais de serem responsáveis pela educação dos seus filhos. Tudo numa só medida, em nome da barganha com o PAN", observou Cecília Meireles.
Ainda assim, a deputada disse que "é com muita tristeza" que vê Portugal a discutir espetáculos tauromáquicos, quando muitos países da Europa estão a pensar como é que vão dar às crianças o tempo roubado pela pandemia."É a diferença entre quem se preocupa com a igualdade de oportunidades e quem se preocupa com agendas muito mais folclóricas", rematou a deputada do CDS-PP.

Já o líder do Chega, André Ventura, também considerou "curioso" ver a forma como o PAN "vem elogiar o PS e os seus projetos-lei". "Já estamos a ver como vai ser o Orçamento. Sai o BE e entra o PAN e alguém há de estar sempre aqui pronto para dar uma mão qualquer quando for preciso", criticou Ventura a posição do Governo.

O Governo português aprovou esta quinta-feira em Conselho de Ministros um Decreto-Lei "que altera a classificação etária para assistir a espetáculos tauromáquicos, fixando-a nos maiores de 16 anos, à semelhança do que acontece para o acesso e exercício das atividades de artista tauromáquico e de auxiliar de espetáculo tauromáquico".
Artículo Anterior Artículo Siguiente