Apontamento) João Pedro Pessoa Soares de Oliveira (1959-2021)

João Pedro Pessoa Soares de Oliveira (1959-2021)

Por Manuel Peralta Godinho e Cunha
Do livro “40 Anos do Grupo de Forcados Amadores de Évora”

Se a criação e fundação de um grupo de forcados tem alguma dificuldade, a sua manutenção ao longo dos anos é muito mais difícil. O cabo terá sempre uma tarefa continua, sem descanso, onde se vão forjando laços de amizade. (…)

(…) Como cabo e com uma orientação bem definida, João Pedro Oliveira consegue superar todas as contrariedades e começa a pouco e pouco renovar o Grupo. Em breve a sua chefia é aceite por todos os elementos e reconhecida pelos outros já retirados e amigos do Grupo. É ele o homem que trouxe um novo alento ao Grupo, obtendo novamente contratos para corridas importantes. Jovens aparecem nos treinos com grande vontade e determinação. João Pedro Oliveira vai seleccionando e consegue posicionar novamente o Grupo de Forcados Amadores de Évora num lugar cimeiro da tauromaquia portuguesa. (…)

(…) Em 14 de Setembro de 2001, numa corrida com 6 toiros da ganadaria de Murteira Grave, João Pedro Oliveira despediu-se, depois de pegar de caras o 3º. toiro, e entregou a chefia do Grupo a João Pedro Rosado.

João Pedro Oliveira foi forcado durante 24 anos. Com a sua saída encerrou-se um ciclo do Grupo de Évora, porque foi ele o último forcado que foi comandado por João Nunes Patinhas.
João Pedro Oliveira cumpriu, também, a última obrigação de um cabo de forcados. Preparar um dos elementos do Grupo para ser o futuro cabo. A escolha recaiu sobre João Pedro Murteira Rosado, forcado do Grupo deste 1992.



Artículo Anterior Artículo Siguiente