Um abaixo-assinado realmente importante que merece muito mais apoio...

ABAIXO-ASSINADO – Manifesto para a Tauromaquia, Património Cultural de Portugal

Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Para: Exmo Senhor Diretor Geral das Atividades Culturais

Exmo Senhor Diretor Geral das Atividades Culturais

A tauromaquia é uma cultura estruturante da identidade de Portugal. O registo da Corrida de
Toiros no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial vai permitir a valorização da
festa brava como parte integrante de pleno direito de um país culturalmente diversificado, e
ao mesmo tempo proteger esta arte tão portuguesa face a ataques e perseguições de que é
vítima.

A candidatura ao registo visa salvaguardar a tauromaquia do nosso País, tão diversificada e
tão rica em todas as suas manifestações artísticas e festivas, retratar tradições ancestrais
ligadas a usos e costumes populares que perduram na memória coletiva do povo português,
de norte a sul, do atlântico ao interior, incluindo as ilhas.

Como eixo central desta cultura está o toiro bravo! E depois tudo o que o rodeia, no campo,
na praça de toiros, nas tertúlias e espaços de convívio taurino. Cavaleiros, matadores de
toiros, forcados, peões de brega, campinos, apoderados, empresários, moços de espadas, e
tantos outros profissionais têm lugar nesta cultura. Como o tem o público – de todas as
classes, homens e mulheres, adultos e crianças – a linguagem taurina, os trajes de tourear e
as fardas de pegar toiros, as técnicas do toureio, os cavalos, a própria corrida de toiros. É
tudo isso que importa preservar, defender e promover.

A corrida é a festa mais culta do mundo, disse um dia Garcia Lorca. De facto, a emoção, a
arte, a estética e a beleza conjugam-se em redor do toiro, verdadeiro garante do equilíbrio da
natureza em que se insere e símbolo com o qual se identificam tantos portugueses, assim
permitindo aos toureiros criar uma arte tão intensa e carregada de sentido.
Como tal, merece ser protegida através dos meios e instrumentos legais consagrados na
Constituição Portuguesa. Esta é, pois, a finalidade da sua candidatura a Património Cultural
Imaterial de Portugal!

A Festa de toiros é a nossa identidade, um bem que é nosso, um recurso para o
desenvolvimento sustentável. É a herança dos nossos antepassados, faz parte do nosso ser,
da nossa maneira de pensar e sentir, da nossa memória coletiva! E é como tal que a
queremos passar aos nossos descendentes.
Devemos ter muito orgulho neste património que nos foi legado e que nos compete preservar e valorizar! Por tudo isto, declaramos apoiar o registo da Corrida de Toiros no Inventário
Nacional do Património Cultural Imaterial e solicitamos uma apreciação célere e justa da
candidatura nesse sentido submetida na Direção Geral do Património Cultural.

Artículo Anterior Artículo Siguiente