El susto de João Pedro Martins -en Estremoz- se traduce en varias semanas de convalecencia


Buen susto se llevó este domingo, en la plaza de Estremoz, el banderillero portugués João Pedro Martins, cogido por un toro cuando actuaba en el segundo tercio, Afortunadamente, la cosa no pasó a mayores, tras el susto inicial... Una vez atendido en primera instancia y luego revisado por ortopedista, el resultado final se contempla en el parte abajo fotografiado

Este é o resumo da extensão da voltareta que sofri em Estremoz : uma recuperação lenta entre 3 a 6 semanas devido a uma rutura parcial do mesmo tendão em dois sítios. Quero agradecer a todos os profissionais de saúde que me acompanharam e também a todos os toureiros e aficionados que mostraram o seu apoio!. Em breve estou de volta!. Muito obrigado a todos mais uma vez! (João Pedro Martins)
"O senhor bandarilheiro João Martins estará a recuperar da colhida que o touro Ensabanado, da ganadaria Voltalegre, lhe provocou em Estremoz.
Quando se bandarilha de verdade "al balcón"... por vezes os percalços acontecem.
Pronta e rápida recuperação."
(Ramagens Ouro Prata)

 

Artículo Anterior Artículo Siguiente