40 anos de história) Esta sexta-feira, em Beja, o grande desafio dos Forcados Amadores de Cascais

Por Jaime M. Amante )

Allá por el agosteño día de San Lorenzo o fechas próximas, la localidad capital del bajo Alentejo, Beja, suele ofrecer una corrida de toros en su plaza más que centenaria. Este año, contra viento y marea del Covid, la empresa de la plaza "José Varela Crujo" no falta a la cita, si bien señala esta para este día 6 de agosto y con solemnidad porque en ella, oficialmente, el Grupo de Forcados Amadores de Cascais celebra sus 40 años de existencia...  

A Centenária Praça de Toiros "José Varela Crujo" em Beja abre portas esta sexta-feira, 6 de Agosto pelas 21.30 horas.
Imponente Corrida de Toiros, comemorativa dos 40 Anos do Grupo de Forcados Amadores de Cascais que, entre antigos e atuais forcados pegam em solitário. 
Lida-se um sério curro de sete toiros da Ganadaria de Herdeiros de Varela Crujo, pelos cavaleiros Luís Rouxinol, João Moura Jr., Marcos Bastinhas e o praticante Joaquim Brito Paes (na lide de um toiro).

"Para nos é uma noite histórica. Noite de reunir toda a família do nosso grupo e comemorar a bonita efeméride de 40 anos de atividade ininterrupta, quarenta anos a defender a nossa jaqueta, bem como a imagem do Forcado Amador! Vamos esgotar Beja!", referem os dirigentes do GFAC


O Grupo de Forcados Amadores de Cascais assinalou no dia 28 Junho, 40 anos a pegar toiros sem qualquer interrupção.


A apresentação do GFA Cascais realizou-se na Monumental de Cascais frente a toiros da ganadaria de José Lico. Ao leme Francisco Cano, valoroso e experiente forcado. Teve a acompanhá-lo de início : Fernando Silva, José Banha, Carlos Damas, o saudoso Joaquim Guaparrão, Carlos Martins, António Freitas, Vítor Brás, António Madeira, João Carmona, Vítor Ferreira, José Luís zambujeira, António Baião, Adelino Gomes, Francisco José Linguiça, José António, Idalécio Botelho da Silva e José Francisco Grave. Também Pedro Castelo Branco, Miguel Machado, Luís Mira Coroa, José Descalço, Pratas Palma, José António, Bernardo Mosquitela e João Arnoso, Vítor Santos, Carlos Janeiro, Tomás da Cruz, Pedro Baptista, estiveram sob seu comando.

Em 40 anos têm sido varias as alegrias, amizades mas essencialmente momentos que para sempre ficarão presentes no seu bonito legado!.

"A todos os que tornaram este sonho possível o nosso obrigado, pela forma digna e dedicada com que abraçaram todos os desafios, todas as dificuldades impostas para que hoje possamos ter a familia coesa que temos e estarmos a comemorar tão bonita efeméride!
Aos antigos Cabos, obrigado pela grandeza com que representaram esta instituição, fazendo de nós , nem melhores nem piores, mas talvez diferentes!
O sonho comanda a vida e toca-nos a nós continuar a história, honrado os nossos princípios, valores e aquilo que sempre acreditamos! Que venham mais 40. Parabéns ao nosso grupo!",
referem os atuais dirigentes do Grupo de Forcados Amadores de Cascais.




(Fotos mostradas pelos Forcados Amadores de Cascais no seu facebook oficial)


Artículo Anterior Artículo Siguiente