"António, tens o Ceptro, és o “Papa!” Os crentes precisamos de ti...!" (Joaquim Grave)

Foto de María Mil Homens, in Facebook de "Murteira Grave".





El ingeniero Joaquim Grave, director-responsable de la afamada ganadería de Murteira Grave, dirigió hoy, a través de las redes sociales una más que interesante carta abierta al cavaleiro Antonio Ribeiro Telles, que continua como saben internado en el hospital de Évora tras la alarmante cogida que sufrió el pasado domingo en Reguengos de Monsaraz.

Dice así :

António Ribeiro Telles
António, são 4 horas da manhã e não prego olho. Tenho lidado mal com o que se passou contigo, tenho andado nervoso, um pouco irritadiço mesmo... 
António, da mesma maneira que um toiro bravo não são 500 kg de carne como outro bovino qualquer, mas sim história, ascendência, famílias, selecção, paixões, perspectivas, sonhos...tu não és um homem qualquer, um cavaleiro qualquer que se escarrancha num cavalo; tu és escola, tu és família, tu és forma, tu és conteúdo, também paixão e transportas contigo toda a história do toureio a cavalo. 
Quando te vejo a cavalo, percorre-me um halo antigo, sinto tão bem António como carregas memórias, responsabilidades, mas também alegria e paixão; vejo como te realizas a fazer o que és em potência! Sim, António tu és potencialmente um Toureiro a Cavalo e tocas o céu quando te saem as coisas redondas. Já Aristóteles dizia que nos realizamos quando fazemos aquilo que somos em potência! 
António, és a forma porque és estética, és conteúdo porque és a ética. Caramba António, nunca te vi enganar um toiro! És muito mais subtil...desengana-los. 
Perdoa a presunção, mas sinto-me da tua família, sim António somos da mesma família taurina, felizmente muitos mais nos acompanham neste sentimento; sim, somos irmãos de sangue taurino e conhecemo-nos tão bem; entre os desta família, não precisamos falar, basta um cruzar de olhares, um gesto para nos aconchegarmos e sabermos que esta família perdura. 
Sabes António, rezo mal, não sou grande especialista nestas matérias..., mas rezo muito, tenho rezado muito por ti. Espero que Ele e tu me perdoem. Tenho coisas importantes este fim de semana, vou baptizar o meu único neto Joaquim e quero fazê-lo com um grande sorriso que me vai dizer entre outras alegrias que estás curado e capaz de pores as esporas e dizeres à vida que galope outra vez com essa magia que tão bem nos transmites. 
António, tens o Ceptro, és o “Papa!” Os crentes precisamos de ti. Força! 
Galeana, 19 de Agosto de 2021
Artículo Anterior Artículo Siguiente