31 anos atrás : a trágica tarde de Béziers (França) provocou a tetraplegia e tragedia de Julio Robles

JÚLIO ROBLES : FOI A 31 ANOS 
(13 de Agosto de 1990) A TRÁGICA TARDE DE BÉZIERS

 

Por Jaime M. Amante.

Julio Avelino Robles Hernández, nasceu em Fontiveros (Ávila), mas curiosamente foi sempre considerado um toureiro de Salamanca. 
A sua infância foi passada em La Fuente de San Esteban, e ali nasceu a sua afición. 

Apresenta-se em público vestido de "luces" em Villavieja de Yeltes (Salamanca) a 28 de Agosto de 1968, e nesse ano e seguinte actua em cerca de 40 tardes. 
Apresenta-se com picadores em Lleida (Barcelona) a 10 de Maio de 1970 com reses de María Lourdes Martín de Pérez Tabernero, debutando em Madrid a 10 de Junho de 1972, com novilhos de Juan Pedro Domecq, alternando com Ángel Rodríguez "Angelete" e Niño de la Capea.

A alternativa concedeu-lhe Diego Puerta em Barcelona, a 9 de Julho de 1972, com Paco Camino como testemunha, matando um toro de Juan Mari Pérez Tabernero de nome Clarinero. 
Confirma em Madrid a sua alternativa na tarde de 22 de Maio, apadrinhado por Antonio Bienvenida, e Palomo Linares de testemunha. 
A 13 de Agosto de 1990 em Béziers (França), é colhido gravemente por "Timador", toiro de ferro Cayetano Munoz , que lhe provoca uma tetraplegia, terminando assim tragicamente com a sua carreira profissional. 

Faleceu em Salamanca a 14 de Janeiro de 2001.


Tras la cogida, descompuesto, en la gravedad de un momento que truncaría su carrera y condicionaría enormemente su vida personal para siempre






 

Artículo Anterior Artículo Siguiente